18 de abr de 2011

25/04/2004: Tottenham 2-2 Arsenal: Nada melhor que ser campeão na casa do rival

No dia 25 de abril de 2004, o Arsenal jogava pelo empate para se sagrar pela 13° vez, campeão inglês. O adversário era o Tottenham em White Hart Lane e os Spurs estavam dispostos a adiar o título dos Gunners e também quebrar a invencibilidade do Arsenal.
Porém em 3 minutos Vieira mostrou quem tinha mais time ao abrir o placar num contra-ataque puxado por Henry, (na época o Arsenal tinha o contra-ataque mais temido do mundo). O time começou a administrar a partida, até que aos 35, numa troca de passes Bergkamp tocou para Pirés fazer 2 a 0.
No segundo tempo o Tottenham ainda tentou estragar a festa empatando com Redknapp e Robbie Keane de pênalti, mas nem isso impediu o Arsenal de comemorar o título em White Hart Lane. O que a torcida não sabia é que esse seria o último título inglês do Arsenal. O time ainda tem chances nessa temporada, mas é muito dificil.
Confira abaixo, os melhores momentos desse jogo histórico:
 

4 comentários:

  1. Espero que o confronto de quarta, não seja empate, seja vitória do Arsenal. Sobre esse confronto de 2004, é bom ver que o Arsenal foi campeão em WHL, pra quem nem era Arsenal nessa época, rsrs. Uma coisa que me chamou a atenção no começo do vídeo foi a forte vaia da torcida dos Spurs. A coisa deve ser assim na quarta, mas o Arsenal não deve se intimidar, tem que partir pra frente. Esse pode ser o começo da arrancada rumo ao título, tá difícil mas enquanto tivermos chances eu acredito! GO GUNNERS!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Eu também, e devemos acreditar por que uma vitória nossa e uma derrota do United derruba a diferença pra 3 pontos. É dificil, mas não impossivel.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. É mesmo jailton e Rafael enquanto ouver chances temos que acreditar apesar de ser muito dificil mais não é impossivel e aconteca o que acontecer eu sempre serei ARSENAL. #EU ACREDITO

    keep the faith ABRAÇOS ARSENAL GUNNERS BRASIL.

    ResponderExcluir
  4. Não é impossivel, mas temos que fazer nossa parte. #EuAcreditoNoArsenal.

    ResponderExcluir