19 de out de 2010

Arsenal 5-1 Shakhtar Donetsk: Chocolate e emoção em Londres

E eu que achei que nunca iria aplaudir um gol contra o Arsenal, hoje um ídolo, que mesmo não ter sido ídolo no campo, fez 60 mil torcedores e outros milhões de torcedores (incluindo eu) o aplaudir nesta noite de terça-feira, Eduardo da Silva. O camisa 11 fez o gol de honra dos ucranianos na goleada sofrida por 5 a 1.
No jogo, o Arsenal massacrou o Shakhtar e aos 19 minutos o goleiro Pyatov (outro que o Arsenal queria), resolveu colaborar e Song abriu o placar em Londres, o Arsenal dominava a partida, controlava a posse de bola e isso se resultou em gols, aos 42 após tabelas e toques Nasri fez um belo gol.
Na segunda etapa, aos 15 minutos, o árbitro da Noruega Oddvar Moen deu um pênalti confuso para o Arsenal, que Fàbregas bateu, converteu e na comemoração homenageou a mãe. Seis minutos depois Wilshere tabelou com Chamakh e foi premiado com o seu primeiro gol na temporada. 3 minutos depois Chamakh aproveita vacilo da zaga e faz 5 a 0 e aos 37 Eduardo protagoniza o que eu falei antes com um golaço.
Com o resultado, os Gunners dispararam na ponta com 9 pontos e fica um empate de se garantir na próxima fase da Liga dos Campeões.
Nunca duvidem do Arsenal e nem do Eduardo !!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário