4 de ago de 2013

Emirates Cup: Choque de realidade

Nesse fim de semana foi realizada a 6º edição da Emirates Cup, com o Arsenal como anfitrião, Galatasaray da Turquia, Napoli da Itália e Porto de Portugal. O Arsenal enfrentou Napoli e Galatasaray e nesses dois jogos mostrou claramente que não temos time pra brigar por nada.
Ontem o Arsenal arrancou um empate suado no fim com o Napoli que não nenhuma maravilha de time por 2 a 2, gols de Giroud e Koscielny. Já hoje o time saiu na frente com Walcott que na tentativa de cruzar mandou direto e contou com a colaboração de Muslera. Mas no segundo tempo, o time simplesmente morreu em campo, foi dominado e levou a virada merecida com dois gols de Drogba, com isso os turcos sagraram-se campeões do torneio.
  • Nessa semana, o Wenger elogiou o elenco dizendo: “Acredito que meu elenco tenha uma ligação especial e que estão se desenvolvendo. Eles não chegaram ao ápice, mas vão melhorar. Estou confiante de que estaremos mais forte na próxima temporada”
  • Nesses dois jogos é gritante que precisamos urgentemente de reforços. Esperar que Akpom, Gnabry, Sanogo e Zelalem resolvam é covardia com os garotos.
  • No jogo contra o Napoli, o time só melhorou quando o Arteta entrou no jogo, fora o Arteta não temos UM volante de contenção.
  • Só contratar o Luis Suárez não vai resolver nossos problemas, precisamos de volante, um winger pela esquerda e dois zagueiros.
  • Com todo o respeito, quem é o cego que pensa que o Miquel é jogador, o Drogba fez a festa pra cima dele. MIQUEL NÃO DÁ
  • Sanogo fez uma boa partida de estréia, mas esta longe de ser considerado reforço, tem muito a evoluir.
Temos 4 semanas até o fechamento da janela de transferências e se não quisermos completar 9 anos na seca de títulos, o Wenger tem que esquecer esse ego, abrir essa sua maldita carteira e trazer jogadores de qualidade, pois somos muito maiores que o Wenger, o ego dele, somos o Arsenal, vivemos de títulos e não de 4º lugar da Premier League.

Nenhum comentário:

Postar um comentário