8 de jan de 2011

Arsenal 1-1 Leeds United: Futebol fraco e empate no sufoco

Em 2010, o Leeds United voltou a ser destaque por ter eliminado o poderoso Manchester United e por ter dificultado a vida do Tottenham, eis que o Leeds aparece de novo, e por pouco não elimina o Arsenal no Emirates. Mais uma vez Wenger resolveu apostar numa tática que nunca fui de acordo e creio que a maioria da torcida dos Gunners também não são, colocar Bendtner e Chamakh juntos, já que os dois são centroavantes que tem pouca habilidade e velocidade. No primeiro tempo, o Arsenal começou errando muitos passes, mostrando que o meio-campo sem Fàbregas, Nasri e Wilshere é fraco. Só a partir dos 30 minutos, o Arsenal pôs uma pressão no Leeds com duas bolas que a defesa dos visitantes tirou em cima da linha, e um chute do Arshavin que obrigou o goleiro Schmeichel a fazer uma bela defesa. No segundo tempo, o Arsenal começou pressionando, mas aos 9 minutos Denilson cometeu um pênalti infantil em Snodgrass, ele mesmo bateu e abriu o placar para o Leeds. Wenger foi obrigado a mudar o time colocando Fàbregas, Walcott e Vela, porém as más atuações de Arshavin e Rosicky atrapalhavam o time, mas aos 44, o árbitro marca pênalti de Parker em Walcott, Fàbregas bateu e empatou o jogo, evitando o vexame em casa. Com o empate vamos ter um "Replay", mas dessa vez o jogo será em Elland Road no dia 18 de janeiro. 
Quero agradecer o pessoal do Esporte Interativo, o Jorge Iggor e o Vitor Sérgio Rodrigues por ter citado o nome do blog na transmissão do jogo. Um abraço a dupla e a todo o pessoal da Rede Esporte Interativo.
Mas voltando ao Arsenal, #EuAcreditoNoArsenal na terça quando iremos enfrentar o Ipswich Town pela Carling Cup.
Vamos Ser Campeões !!! 

E aproveitem e escolham o melhor em campo:
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=102023979

4 comentários:

  1. Leeds também não é fácil. O Arsenal jogou muito ruim. Wenger não escalou o time adequado. Mas agora é esquecer este jogo e pensar no de quarta contra o Ipswich.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. No twitter eu cansei de falar sobre Chamakhe Bendtner e deu nisso. Agora espero que quarta volte os titulares.

    Valeu. Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Essa rotação no plantel é importante no aspecto físico (além de dar uma moral aos jogadores menos utilizados), o que pega é que aumenta o risco de uma eliminação precoce, como nesse jogo com o Leeds.

    Acho que mesmo com um time misto, passaremos pelo Ipswich. Mas na FA Cup acho que Wenger precisará de uma equipe mais próxima da titular para vencer em Elland Road.

    Abraços e parabéns por ter sido citado no Esporte Interativo. Também fiquei contente quando o Bruno Prado (RedeTV) mencionou um comentário que fiz no jogo entre Arsenal e Manchester City.

    ResponderExcluir
  4. Mas você deve saber bem que Chamakh e Bendtner juntos no esquema de jogo que o Wenger usa não dá certo.
    Obrigado por lembrar e parabéns a você também por ter sido pelo pessoal da RedeTV.
    Abraço.

    ResponderExcluir