23 de fev de 2014

Arsenal 4-1 Sunderland: Sobe a aprovação de um imortalizado Bergkamp



Ontem ao meio-dia, o Arsenal voltou a jogar pela 27º rodada da premier league. Em um dia em que assuntos externos pesaram dentro das quatro linhas, ganhamos, encostamos e nos mantemos na disputa pelo titulo inglês.
Desculpem-me, mas, isso não me impressiona mais. Não da para esperar que a torcida fique satisfeita com um time que só ganha os jogos cotidianos. Isso é enganar-se! E os clássicos? E as partidas decisivas que estamos deixando de ganhar? Neste Sábado o Arsenal voltou com mais do mesmo, vecendo sem dificuldades o nada ambicioso Sunderland em uma partida que contou como principais protagonistas, uma estátua, um velho grande ídolo e problemas conjugais.
Vejamos como foi:
Assim que a bola rolou os Gunners trataram logo de partir para cima. Giroud, que estava devendo, fez o primeiro logo aos 04 minutos 26 segundos de partida. Wilshere tentou um chute todo errado após uma bela troca de passes com Podolski e Rosick, a sobra acabou ficando com o francês, “LA BROCATÊ” do Emirates, que bateu certeiro para fazer 1x0.
O time continuou indo para cima dos visitantes, Cazorla e Rosicky tentaram, mas, bateram fraco. E quando a bola caiu nos pés de Podolski, o alemão mandou uma bomba que o goleiro Mannone se esticou todo para defender. Szczesny pouco trabalhou. Salvo algumas bolas enfiadas em um ou dois contra-ataques dos finalistas da copa da liga. E após tanto tentar, o segundo veio dos pés dele de novo, Giroud, que hoje estava atento. Quando o zagueiro adversário tentou recuar uma bola estupida para Mannone, Rosick roubou a bola e enfiou para o arrependido galã Giroud, fazer 2x0. Beijinhos na aliança pra cá, mão no coração pra cá, cara de tristeza, aquela velha média de “Cabra Safado” e bola no centro de campo novamente. (Giroud atento, sério e fazendo gol!? Relaxem, daqui a pouco eu explico)
O Arsenal fez o terceiro ainda no 1º tempo, em uma bela troca de passes entre Rosick, Wilshere, Cazorla e Giroud que, após zigue zaguear toda a zaga, foi consagrada com um belíssimo golaço de cobertura, cavada pelo camisa 07. 3x0 e, alguns minutos depois, fim do 1º tempo.
O Sunderland voltou do intervalo disposto a sair do Zero. Dessa vez Szczesny teve mais trabalho e fez belas defesas. Destaque para uma cobrança de falta batida por Larsson que só não foi gol por que a bola fez a curva 2 centímetros a mais do que ele gostaria e passou riscando a trave. Só que quem marcou mesmo foi a gente novamente. Após cruzamento de Cazorla, Koscielny cabeceou certeiro para as redes. 4x0. Os visitantes descontaram no fim da partida com o italiano Giaccherini, acertando um belo chute de fora da área.
Szczesny rebateu para a frente da área uma bola cruzada e a malvada foi parar nos pés do italiano , que acertou um tiro mortal, fazendo Arsenal 4, Sunderland 1. 15 minutos depois o Arbitro decretava o fim da partida.
E ficamos assim:
Vocês devem ter sentido a falta dele. O Alemão Ozil que foi poupado nesse jogo.
Com o resultado, o time fez pouco mais que a sua obrigação, nos mantemos na 2º colocação do campeonato. Temos 59 pontos, 1 a menos que o líder Chelsea que venceu apertado e upou para 60 pontos. O próximo adversário do Arsenal será o Stoke City, fora de casa, no dia primeiro de março. O Sunderland enfrentará no próximo domingo o Manchester City, na final da Copa da Liga Inglesa. No Inglês, o Sunderland segue na zona de rebaixamento na 18º posição.
Extra Campo:
- A diretoria do Arsenal inaugurava ontem uma estátua em homenagem ao Holandês Dennis Bergkamp, que, como todo torcedor dos Gunners que se preze sabe, é simplesmente o maior jogador do Arsenal de todos os tempos. Infelizmente só o vi jogar no final da carreira, mas, há quem se lembre de seus dribles apurados e domínios certeiros de bola e de sua frieza ao comemorar gols (Isso lhe rendeu o apelido de Iceman). 3º Melhor jogador do Mundo pela FIFA duas vezes, também está entre os 100 melhores jogadores de todo os tempos em um rank da mesma instituição.  Pelo Arsenal, essa lenda ganhou 03 vezes o campeonato inglês. Um deles, aquele memorável título invicto de 2003/2004, além de 04 FA Cups. Pela seleção Holandesa, é o 3º maior artilheiro com 37 gols. Uma homenagem lindíssima do Arsenal para o seu grande campeão. Parabéns Bergkamp, a torcida agradece por todos os jogos que disputou e pelas inúmeras vezes que você nos encantou dentro de campo.

- Mudando agora de Pau para Cacete (Ou melhor, de Estátua para Cacete dentro de casa). Quem levou cacete e amanheceu com as malas do lado de fora de sua casa foi o atacante Giroud. O Jornal “The Sun” teve acesso a imagens do atacante, que deveria esta se concentrando no hotel para a partida contra o Crystal Palace, saindo do quarto da modelo Célia Kay apenas de Cueca. Para quem estranhou o atacante bem focado no jogo de hoje, desconfie, é só média para encobrir a safadeza. Se bem que a morena vale mesmo a pena. Giroud pediu desculpas inúmeras vezes a todos, principalmente a Mulher, a sua família e amigos e a torcida do Arsenal. Como este é um blog sério de noticias esportivas do Arsenal e não as novelas da Globo ou o BBB, para mais informações veja aqui.
E é isso aí galera, ficamos mais uma vez por aqui. Mesmo com a vitória, essa não é a hora para comemorar. O Time vem perdendo seus jogos importantes e isso não é nada bom para a realização do sonho do titulo. Serviu ao menos para honrar Dennis Bergkamp que assistiu de camarote o seu time ganhar de lavada. Abraço galera. Continuem ligados no The Gunners Brasil e nos nossos parceiros, visitem mesmo. Bom é ler e discutir as diferentes opiniões de quem realmente gosta do Arsenal. FUI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário