1 de jan de 2014

Arsenal 2-0 Cardiff: Na base do sofrimento

O Arsenal recebeu o Cardiff no primeiro jogo de 2014 e sofreu demais pra vencer o jogo e manter a liderança da Premier League.
O primeiro tempo, o time parecia estar de ressaca, muito preguiçoso. A chance mais perigosa acabou sendo do Cardiff, um chute de Noone que Szczesny rebateu. O segundo tempo, o Arsenal resolveu ir pra cima, porém ficava naquela, toca, toca, toca e ninguém chuta. Wenger colocou Bendtner e Rosicky no jogo e Mertesacker assustou duas vezes de cabeça. Em jogada individual, Wilshere acertou a trave de Marshall. O alívio veio aos 43 do segundo tempo, quando Sagna cabeceou, Marshall rebateu e Nicklas Bendtner pegou o rebote mandando uma bomba, Bendtner se machucou após o gol. O Cardiff se abriu e deu o contra-ataque, Walcott saiu cara a cara com Marshall e tocou por cima, marcando um belo gol. Aí foi só tocar a bola, administrar a vantagem e garantir mais 3 pontos.
  • Ele é muito criticado, pelo seu mal futebol e por suas atitudes fora de campo, mas Bendtner tem estrela pra fazer gols importantes no fim e que gol importante.
  • Chelsea e Manchester City venceram, se tivessemos empatado, cairiamos para o terceiro lugar.
  • Giroud e Gibbs acabaram poupados. Monreal jogou na esquerda e Podolski jogou de centroavante. Podolski acabou indo muito mal.
  • No Emirates hoje, estava o dono do Cardiff Vincent Tan e o futuro técnico, o ex-United Ole Gunnar Solskjaer.
  • Hoje abriu-se a janela de transferências, Wenger tem um mês pra contratar um centroavante.
  • Após o jogo, os jogadores exibiram uma camisa de incentivo a Michael Schumacher que está internado na França, após um acidente, enquanto esquiava.
Agora a Premier League para e o foco passa a ser a FA Cup, pois sábado é dia de North London Derby no Emirates, o Tottenham vem embalado, pois com técnico novo, venceu o United em Old Trafford. Jogo difícil, afinal é clássico e temos que vencer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário