31 de dez de 2013

Retrospectiva: Arsenal 2013 - Parte 2

A pré-temporada com Sanogo e algumas saídas
No dia 1 de julho, o Arsenal contratou a custo zero o jovem atacante francês Yaya Sanogo do Auxerre. Vários jogadores acabaram dispensados ou não renovaram seus contratos, entre eles: Denilson, Arshavin, Squillaci, Eastmond, entre outros. Dias depois, Mannone e André Santos também deixaram o Arsenal, o goleiro italiano foi vendido para o Sunderland, enquanto o brasileiro, que havia sido emprestado ao Grêmio, foi negociado com o Flamengo. Os dias passavam e nada de reforços, o Arsenal não quis pagar 1 milhão a mais para o Real Madrid e acabou perdendo o Higuaín para o Napoli. Com isso o Arsenal foi com tudo em cima do Suárez, porém mesmo com o jogador querendo muito jogar no Arsenal, chegando a declarar publicamente seu interesse, o Liverpool consguiu segurar o atleta. O Arsenal acabou ficando sem saída; Gervinho e Chamakh também deixaram o Arsenal, o Testa foi para a Roma e Chamakh foi parar no Crystal Palace. Coquelin, Djourou e Miquel acabaram sendo emprestados. Nos jogos de pré-temporada, 4 vitórias na Ásia, contra a Indonésia, Vietnã e os japoneses Nagoya Grampus e Urawa Red Diamonds. Na Emirates Cup, empate contra o Napoli no primeiro jogo por 2 a 2. Giroud e Koscielny marcaram após o time estar perdendo por 2 a 0. No dia seguinte, era o Galatasaray, Walcott abriu o placar, mas os defeitos começaram a ser escancarados, Drogba de pênalti empatou e o próprio marfinense carrasco do Arsenal virou o jogo. Porém esses defeitos acabaram encobertos após o time vencer o Manchester City por 3 a 1 no último amistoso antes da estréia da PL.

Derrota para o Aston Villa, desastre completo
No dia 17 de agosto, o Arsenal recebeu o Aston Villa em casa, tudo parecia ser uma estréia tranquila, já que aos 6 minutos, Chamberlain fez boa jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para Giroud que abriu o placar. Porém minutos depois,o árbitro deu pênalti para o Villa. Benteke cobrou, Szczesny defendeu, porém o próprio Benteke pegou a sobra e empatou. No intervalo, Chamberlain saiu lesionado, a lesão acabou sendo grave. No segundo tempo novo pênalti para o time visitante, novamente Benteke na bola, o belga dessa vez marcou de pênalti. Rosicky teve duas claras chances de empatar. Koscielny acabou levando o segundo amarelo e nos deixou com 10. No fim, o Arsenal se lançou todo ao ataque, deixando a defesa escancarada, no contra-ataque Luna marcou 3 a 1. O Emirates inteiro começou a vaiar o time e principalmente o Wenger, gritando Spend Some F*cking Money. No fim numa disputa de cabeça, Sagna por pouco não quebra o pescoço. A derrota, sem conseguir encobrir os defeitos, aumentaram muito a pressão, porém, Wenger não contratou, mesmo assim conseguiu passar pelo Fenerbahce no Playoff da UCL, fazendo 5 a 0 no agregado e venceu o Fulham em Craven Cottage por 3 a 1 com dois gols de Podolski que acabou sofrendo uma séria lesão.

O retorno de Flamini e o North London Derby
No dia 29 de agosto, o Arsenal acabou anunciando oficialmente o retorno de Flamini ao clube, após 5 anos no Milan, o volante estava treinando no Arsenal á alguns dias e Wenger decidiu contratá-lo, após falhar com Lars Bender e Luiz Gustavo.
Dia 1º de setembro, era dia de North London Derby, o Tottenham agora sem Bale, mas cheio de caras novas, vinha embalado para o Derby. Cazorla teve duas chances em cobranças de falta, mas por azar a bola não entrou, o Tottenham levava pouco perigo e aos 22, Ramsey toca pra Cazorla, que passa para Rosicky que abre na direita com Walcott que cruza rasteiro para Giroud que desvia com categoria pra marcar 1 a 0; Flamini reestrearia aos 40 do primeiro tempo, quando Wilshere acabou pedindo pra sair, com problema estomacal. Flamini já mostrara seu espírito de liderança na hora que pisou no gramado. O segundo tempo, o Arsenal mostrou uma raça absurda, os últimos 5 minutos mostram isso. Giroud fez seu melhor jogo pelo Arsenal e no braço o Arsenal segurou a vitória por 1 a 0, muito comemorada.

Mesut Özil
Logo após a vitória contra o Tottenham, começava a ventilar a notícia que Özil estava acertando com o Arsenal e o último dia de transferências acabou sendo uma longa espera. No começo do dia, o goleiro italiano Emiliano Viviano havia sido anunciado como goleiro do Arsenal por empréstimo. Mas todos esperavam por Özil, a agonia durou até as 18h30, faltando 30 minutos para o fechamento da janela, Özil foi oficialmente anunciado por £42 milhões de libras, transferência recorde do Arsenal. Muita comemoração dos torcedores do Arsenal nas redes sociais e no mundo inteiro, pois é um jogador que mudaria o patamar do time.

Um comentário:

  1. Comemorei muito aquela vitória sobre as galinhas, como eu destaquei no meu blog, foi £0m 1 x 0 £105m. Aí no dia seguinte eu passei o dia inteiro atualizando a página do Arsenal.com esperando agoniado o anúncio da contratação do Mesut, e quando veio quase que eu tive um treco kkkkk. Come on Arsenal, vamos levar um caneco essa temporada! COYG!

    Abraços!

    ResponderExcluir